FANTASMA CHINES, VOLTA ATACAR

Ao mesmo tempo em que o Corinthians está em busca de novos reforços visando o início do Campeonato Brasileiro, o clube já se resguarda quanto à possíveis baixas para o segundo semestre da temporada. Ciente de que o futebol chinês pode, mais uma vez, atrapalhar seus planos, o técnico Tite reconheceu que o reforço ideal no Timão seria a permanência de todos os jogadores.
Em tom de brincadeira quando questionado sobre a possibilidade, Tite analisou o assunto, mas não escondeu a preocupação. “Se vier o segundo semestre e a China não tirar ninguém, já é um belo reforço (risos)”, disse em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava.
O principal cotado para deixar o clube a partir do início da janela de transferências, que acontece no dia 21 de junho, é o meia Elias, segundo o globoesporte.com. Em alta, o camisa 7 do Timão foi convocado pela Seleção Brasileira e estará na disputa pela Copa América. Procurado pelo futebol chinês no início deste ano, Elias chegou a conversar com o Hebei China Fortune, porém não entrou em um acordo e optou por ficar no Corinthians.
Desta vez, o interessado é outro. Considerado um dos principais clubes do futebol oriental, o Shandong Luneng, comandado pelo técnico Mano Menezes tentará a contratação do jogador. Além de possível reencontro com Mano, o zagueiro Gil, recentemente vendido, também marca presença no elenco do clube chinês.
Peça de referência no setor defensivo do Timão, o zagueiro Felipe é outro que poder deixar o clube no meio da temporada, porém com uma possibilidade menor. O camisa 28 garantiu que recebeu uma proposta do futebol europeu, mas prefere permanecer no Corinthians.