Vagabundo é "cobrado" por corinthianos e pede desculpas após piada de mau gosto

Um vídeo que circula nas redes sociais desde a última quinta-feira tem chamado atenção de corinthianos. Um homem responsável por uma brincadeira infeliz no Facebook foi encontrado por indivíduos que se dizem torcedores do Timão e obrigado a pedir desculpas, sendo insultado e até intimidado.
No dia 30 de novembro, horas depois do acidente aéreo que vitimou grande parte da delegação da Chapecoense e jornalistas nos arredores de Medellín, na Colômbia, Jackson usou o perfil de uma rede social para destilar seu ódio contra o Corinthians.
“Bom eu posso dizer q odeio todos os times mais hoje de manhã ouvindo uma notícia dessa (queda do avião da Chapecoense) eu sinto muito pelos chapecoenses então eu queria q tivesse CAÍDO O AVIÃO DO CORINTHIANS ASSIM EU IA FICAR MUITO FELIZ (sic)”, escreveu Jackson, que voltou a dizer: DEVIA TER CAÍDO O AVIÃO DO CORINTHIANS”.
Como se não bastasse tamanha infelicidade, a história fica pior. Isso porque Jackson foi encontrado por torcedores e, visivelmente intimidado, teve de pedir desculpas em um vídeo. A gravação, que está disponível no YouTube, mostra o jovem contra um muro, de cabeça baixa e assumindo o erro.
“Primeiramente boa tarde a todos, a toda a torcida do Corinthians e da Gaviões, pedir desculpas a todos aí. Dizer que fui eu que postei esse ‘barato’ no Face, numa brincadeira de mau gosto, uma brincadeira errada. E eu paguei pelo que eu fiz”, lamenta o sujeito. “Isso não se faz, entendeu? Todas as pessoas que eu já ameacei, peço desculpas, todas as mensagens idiotas. Eu sou um lixo, pior do que um lixo”.

Não é possível notar quantos torcedores participam da ação, tampouco se Silva foi agredido fisicamente. “Levanta a cara, cara***! Seu safado!”, xinga um corinthiano. “Você tem que orar, malandro!”, diz outro.
O perfil de Jackson no Facebook foi removido. O Meu Timão também procurou a Gaviões da Fiel, torcida organizada do Corinthians citada no vídeo. Segundo sua assessoria de imprensa, a ação não partiu da uniformizada. Ela também informou que não havia tomado conhecimento do fato e que não pretende tomar qualquer atitude daqui em diante.