Todo corinthiano tem que ver esse vídeo

PRELEÇÃO DO CORINTHIANS TEVE PEDIDO ESPECIAL NA ARENA DO GRÊMIO; CÁSSIO E JÔ DISCURSARAM

A construção da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Grêmio, no último domingo, começou antes mesmo de a bola rolar. Ainda no vestiário de visitantes da Arena do Grêmio, em meio a discursos de Jô, Cássio e Carille, o Timão iniciou aquele que se tornaria o triunfo mais importante do Campeonato Brasileiro de 2017 até aqui.

O destaque da preleção corinthiana em Porto Alegre ficou por conta do discurso do centroavante Jô. Artilheiro da equipe na competição, com cinco gols, ele foi o capitão do Timão contra o Grêmio e, antes de pisar no gramado, pediu inteligência aos colegas:

"Chegamos até aqui porque fizemos por merecer. Não chegamos aqui à toa, ninguém deu nada de graça para nós. Trabalhamos, corremos. É fazer o que está sendo feito, nada de diferente", começou.

"Futebol é inteligência também. Na hora que sofrer falta, segura. Eles vão querer pressionar. É organização e humildade mais uma vez para ganhar esse jogo", completou.

Quem também aproveitou a oportunidade para abrir o coração aos companheiros de time foi o goleiro Cássio, que se tornaria protagonista da partida com direito até a defesa de pênalti.

"Perseverar vitória sempre. É ficar o jogo inteiro ligado. Humildade pra marcar, pra voltar. Não tem bola perdida, todas as bolas são nossas", disse o camisa 12 do Timão.

Vale ainda destacar o discurso do treinador do Corinthians. Carille deixou os jogadores alertas a respeito de uma provável pressão do Grêmio, que poderia contar até mesmo com ajuda dos gandulas gaúchos na reposição das bolas.

"Falta para nós, lateral para nós, escanteio para nós, conseguimos controlar. Escanteio, lateral deles, que o gandula devolve rápido, temos que estar concentrados", avisou.

No fim das contas, como todos já sabem, a tática de Jô, Cássio, Carille & cia. deu certo. Com gol de Jadson, o Corinthians bateu o Grêmio na casa do adversário e se isolou ainda mais na liderança do Brasileirão.